A pergunta que nao quer calar….

Leia em http://www.barbarasaleh.com/2008/06/23/a-pergunta-que-nao-quer-calar-2/

14 Responses to “A pergunta que nao quer calar….”


  1. 1 Fernanda França 23 de junho de 2008 às 13:20

    Barbrinha, com certeza que podemos todos viver em paz… não importa a religião, mas sim o respeito ao próximo. E acho que Deus é o mesmo, independente do nome que tenha. Vamos esperar o post com sua história, InshaAllah, rs… Um beijo bem grande e obrigada pelos comentários carinhosos no meu cantinho. Seja sempre muito bem-vinda. beijo enorme. Fê.

  2. 2 Denise Neves Santos 23 de junho de 2008 às 13:27

    Eu tenho uma dúvida, eu tenho uma dúvida: voce se converteu ao islamismo ou voce só se faz de “mulça” porque é mais fácil em um país de maioria mulcumana?

  3. 3 Elaine 23 de junho de 2008 às 13:56

    Denise… eu penso que a Barbrinha eh mulcumana mesmo. Num dos posts dela ela falou que no Brasil ela nao usava o hijab p/ nao ser diferente de todos, e o usa no Egito pela mesma razao.

    Barbrinha, parabens pelo seu blog e pela maneira com a qual vc lida com assuntos que muitas vezes sao delicados.

  4. 4 Uma Brasileira nas Arábias 23 de junho de 2008 às 15:59

    Barbrinha,
    Independente de religião, acho que as pessoas têm que aprender a se adaptar. Concordo com vc e a Elaine aí em cima sobre o hijab. Se o intuito é não chamar a atenção e no Brasil acontece exatamente o contrário, vc faz certo. Você interpreta as coisas muito bem e eu admiro isso. É muito chato ter que lidar com pessoas que não mudam em nada e sentem que a verdade delas é absoluta.
    Eu também tenho uma amiga muçulmana aqui que faz o mesmo quando sai de Bahrain para passear em outros países. As pessoas têm que ser flexíveis e tentar saber o real motivo das coisas…
    E para a Denise, eu acho que você não deveria fazer piadas usando palavras como “mulça” para se referir a ninguém. Pode ser apenas de brincadeira, mas achei que infelizmente, você errou feio no tom. Você gostaria que fizessem piadas em relação a alguma de suas escolhas pessoais? Infeliz o seu comentário, me desculpe. Há várias formas de perguntar e tirar dúvidas, mas respeito não custa nada.
    Bjs pra vc, Barbrinha.😉
    Paty

  5. 5 Uma Brasileira nas Arábias 23 de junho de 2008 às 16:00

    Ah, e obrigada pela explicação sobre mabrouk e mashallah.🙂

  6. 6 Denise Neves Santos 23 de junho de 2008 às 18:11

    Falei Mulca do mesmo jeito que falo Brasa (para Brasil), Brazuca (para brasileiro) e Churras (para churrasco). Nao foi piada. Nem falta de respeito. Foi apenas uma abreviacao carinhosa da palavra mulcumana.🙂 Desculpe-me se a ofendi.

  7. 7 Uma Brasileira nas Arábias 23 de junho de 2008 às 20:12

    Denise,
    Já respondi no meu blog também. Eu não quis te ofender, só dei minha opinião também. Erro de interpretação meu também. Me desculpe então.😉

  8. 8 Elaine 23 de junho de 2008 às 21:40

    Ai ai ai, agora sim que estou em trouble. Mais uma brasileira nas arabias? e com blog? meninas, desse jeito nao faco mais nada alem de ficar lendo!

    =)

    Serio agora. Eu acho o maximo as pessoas poderem compartilhar como a vida delas eh numa cultura tao diferente da nossa. Conheco uma americana que foi morar na China que faz isso tambem, conta como eh a vida dela lah.

    Keep up with the good work everyone! =)

  9. 9 barbrinha 25 de junho de 2008 às 16:42

    Fe,

    Se Deus quiser jaja comeco….e seguraaaaaa…..

    Beijos

    Meninas,

    As vezes todas cometemos mal entendido, mas o legal eh ver que no final esta tudo bem, se a gente comecar a fazer isso pelo menos aqui, ja estamos fazendo nossa parte no mundo…..parabens a todas vcs…eh admiravel ver que da para se entender…..

    Beijos e fiquem com Deus

  10. 10 cidia santana 16 de julho de 2008 às 2:36

    olá barbrinha, a primeira vez que abrir o teu blog foi no dia 12 de julho 2008, achei vc sem querer. Eu estava pesquisando tudo sobre o líbano,poi tenho uma vontade enorme de conhecer este país, ele mim encanta, principalmente depois q/ conheci um libanês no msn.Continue fazendo tudo isto no seu blog porq/ é muito legal é e uma verdadeira aula de cultura e costumes árabes, eu amo tudo isso. te faço uma pergunta: decidir q/ quero mim casar com um libanês se Deus permitir e troucer um p/ mim kakaka. os libanêses sâo homens sinceros fieis e de palavras? Eles seriam capazes de buscar uma mulher em outro lugar para se casa? se puder mim respoder no meu Email… desculpe o tamanho do comentario, era preciso, bjs e bjs. há sou baiana tbm.

  11. 11 barbrinha 16 de julho de 2008 às 10:40

    Cidia…..

    Te mando um e-mail…..

    Seja sempre bem-vinda aqui……tome seu chazinho e seus biscoitinhos de tamara com a gente

    Beijos e fiquem com Deus

  12. 12 Sandra 5 de agosto de 2008 às 0:17

    Ola..muito interessante o seu blog, parabèns…gostaria de saber..os homens egpicianos sao carinhosos com suas mulheres? existem casos de violencias dentros dos casamentos?
    Um abraço …e obrigada…

  13. 13 Jehh 10 de agosto de 2008 às 7:27

    oieeeeeee…….meus parabens….adoro ler sua historias…eu to muito feliz…conheci um egipcio pela internet:) estamos juntos a 6 meses..e apesar de nunca ter visto ele pessoalmente..parece q ele é o homem da minha vida…sera q to sonhando???
    ele disse q vem ao Brasil..estou na expectativa..vc acha q pode dar certo?:P
    bjoss…obrigadah


  1. 1 educacaosexual » Blog Archive » A pergunta que nao quer calar…. Trackback em 3 de dezembro de 2008 às 16:55
Comments are currently closed.



junho 2008
D S T Q Q S S
« maio   jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Mudamos!

Pessoal, o site mudou para casa própria, mas tá tudo lá! É só substituir aí nos seus favoritos o www.barbrinha.wordpress.com por www.barbarasaleh.com!

Os comentários aqui estão fechados, mas o bate-papo continua lá na casa nova. Não deixe de me visitar e participar!

Te vejo lá! Beijos e fiquem com Deus.


%d blogueiros gostam disto: