Barbrinha e Bebejinho, relato de parto!!!!

Leia em http://www.barbarasaleh.com/2009/08/13/barbrinha-e-bebejinho-relato-de-parto/

Anúncios

21 Responses to “Barbrinha e Bebejinho, relato de parto!!!!”


  1. 1 Camila 13 de agosto de 2009 às 16:45

    Que relato lindo e super emocionante!!! Demorou mas chegou!!!

    Que bom que conseguiste que tudo corresse da forma que vocês queriam…são situações tão delicadas!!
    Agora só resta continuarem a ser muito felizes!!!!!!!!!!!!!!

    Beijos!!

  2. 2 Juliana 13 de agosto de 2009 às 16:58

    Que lindo! Que Deus abençoe muito vocês! beijos

  3. 3 Juliana Silva 13 de agosto de 2009 às 17:09

    kkkkk nossa olha pra mim que nao tive filhos ainda eu li assim fixada lendo lendo e a cada ponto eu tipo e depois e depois kkkkkk nossa graças a DEUS ne como DEUS é fiel nas nossas vidas.

    Parabens di verdade =]

    fica com DEUS
    bjuuuu pra vc e pro bebejinhu tamem hehe

  4. 4 Halima Umm Hisham 13 de agosto de 2009 às 17:15

    Assalam waleykum Bahhhhhhhhh
    haaaaaaaaaa parece que assisti um filme!

    Fiquei muito emocionada e feliz!
    Serviu para que eu entendesse algumas coisinhas tb! rsrsrsr

    Obrigada por dividir suas experiencias!

    Muitos beijos para a familia feliz!

  5. 5 Scarassatti. 13 de agosto de 2009 às 19:39

    Olá Barbara.

    Parabéns! Pelo bebejinho… não tenho bebejinho.. mas tenho uma perereca….

    Responda-me uma pergunta por favor.

    Essa Dra Renata por acaso tem um sobrenome parecido com Scarabichi e fica próximo ao São Luiz o consultório dela?

    Abraços.
    Scarassatti.

  6. 6 Scarassatti. 13 de agosto de 2009 às 19:41

    Achei uma foto….

    http://www.partosaudavel.com.br/autores.htm

    se for de-lhe os parabens mesmo!

    Não posto nenhuma das que eu tenho por que a cena é forte…rsss

    Scarassatti

  7. 7 iris 13 de agosto de 2009 às 20:31

    Assalamu Alaikum Flor!!

    Eu também no meu primeiro parto, pensei seriamente em filho único…rere, e olha que não tinha essa anestesia milagrosa não, e o meu beb nasceu com 4.100 kg, mas depois que tudo passa a gente esquece de tudo e pensa já no proximo babino!!!
    Com um de 23 e uma de 20, tá na hora de ter outro…INSHALLAH!

    Beijos na familia Real!!

    P.S. Deve ser a mistura de sangue árabe com sangue nordestino (baiano) que faz o bebejinho ser elétrico! kkkkk. Te contar uma coisa, com 5 meses eu não tinah mais onde colocar o meu filhote david, foi para uma andadeira, parecia um Lampiãozinho…kkkkk, resultado, entre 8 a 9 meses levantou do chão e saiu andando e até hj continua elétrico…ainda bem que a irmã sempre foi mais calma!!! Ufffa!!!

  8. 8 Renata Assis 13 de agosto de 2009 às 21:42

    que lindo…….
    ri demais!!!
    foi incrivel saber dessa experiencia sua….
    beijos!!!

  9. 9 cristianefetter 13 de agosto de 2009 às 23:36

    Que benção Bárbara, ter tido um parto assim.
    Eu treinei tudo, me preparei tanto e tive uma emergência, mas Deus sabe o que faz.
    bjks

  10. 10 Gabriela 13 de agosto de 2009 às 23:48

    Lindo!!! Fiquei emocionada… sempre choro em partos, só no meu que não chorei, snifff.
    A anestesia não foi a peridural, ou epidural. Hoje em dia ela é dada em sela, apenas entre a cintura e o joelho, vamos dizer assim.
    Eu também tive as contrações de Braxton Hicks desde os 7 meses. Também fiz muitas peregrinações pela maternidade, já tinha até vergonha. O pior é tirar o médico de casa num feriado (como o de Carnaval) ou no domingo e não ser nada, hahahah.
    Queria um parto normal, mas no final o desconforto era tanto que já tinha marcado a cesariana para as 39 semanas no dia 17 de março. Adoro o número 17!!!!
    Dia 12 as nove da noite comecei com contrações. Como as contrações me acompanhavam por semanas fiquei quietinha esperando passar. Depois da meia noite, ou seja, sexta feira 13, as contrações começaram a aumentar. Quando maridex disse que iria dormir eu contei o que estava acontecendo e pedi que ficasse comigo vendo TV, sem acreditar que estava entrando em trabalho de parto. As três da manhã já estava com contrações de cinco em cinco minutos e quando fui ao banheiro tinha um pouco de sangue. Pensei… acho que agora é verdade, será que ligo para a médica e tiro ela da cama??? Maridex disse para esperar o dia amanhecer. Claro né, não era ele quem estava com dor. As quatro da manha resolvi ligar e fomos para o hospital de mala e cuia. Chegando lá estava com 2,5 cm de dilatação (a anestesia já estava programada, mas seria dada apenas depois dos 5 cm). Voltamos para casa e combinamos um novo encontro as 7 da manhã. Minha médica pediu para caminhar bastante em casa para acelerar as dilatações. Em casa, depois de caminhar cinco ou dez minutos, as dores pareciam que iam me repartir em duas metades. Como fiz fisioterapia para o parto normal durante três meses, resolvi colocar em prática minhas técnicas de respiração, etc. Acabei descobrindo que tinha colocado dinheiro fora. Com aquela dor insuportavel não tinha respiração nem massagem que fizesse eu me sentir melhor. A massagem então foi maravilhosa, hahahahah, quando maridex começou a fazer deu vontade de dar um soco na casa dele. As 6 da manha pedi para voltarmos para o hospital… com aquela dor já devia estar com 9 cm e ia passar da hora da minha Peridural. Não entendo como algumas mulheres conseguem gritar, eu não consegui nem respirar, nem falar…

    Amanhã eu continuo… meu bebê está chamando, ahahahah

  11. 11 L.S. Alves 14 de agosto de 2009 às 8:06

    Moça fiquei emocionado, não chorei, mas adorei o relato. Que bom que deu tudo certo.
    Um abraço.

  12. 12 Janinha 14 de agosto de 2009 às 14:28

    Oi Barbrinha!!! Menina adorei o mega post!!!

    Muito emocionante mesmo… vc nem sabe, mas relatei minha preocupação com parto nos últimos posts que tenho feito, pois já tenho pensado muito nessa época de minha vida, que deverá levar uns anos ainda, mas pro qual eu já me preparo. E pra isso estou começando a visitar alguns ginecos e descobrir algum q seja muito amigo do PN. A maioria diz que é adepto, mas eu queria como vc, me testar até o último minuto pra ver se será necessária a anestesia ou não. Mas EU quero escolher.

    Mas falemos de vcs, que maravilhosa sensação estar com seu bebê, depois desse momento lindo. Adorei toda sua história. Mesmo.

    Bjocas

  13. 13 Ivana 14 de agosto de 2009 às 15:16

    Oi Barbara,

    Lindo relato, fiquei emocionada. Vc foi corajosa demais, trouxe seu filho ao mundo do jeito que tinha imaginado. Parabéns!

    bjs

    Ivana e Davi

  14. 14 Cristiane 15 de agosto de 2009 às 22:55

    Barbrinha querida, que emoção ao ler teu relato sobre o parto! lindo! lindo demais! Enquanto lia ia aimaginando o cenário…parabéns pela força e coragem!
    Bjs em ti e em Bebejinho

  15. 15 Cristiane 15 de agosto de 2009 às 23:00

    Gabi…estou ansiosa pelo término do teu telato!!!rs

    bjs amiga

  16. 16 Beth Q. 15 de agosto de 2009 às 23:44

    Querida web-filha!
    Eu acompanhei esta saga antes do nascimento do bebejinho e sei o quanto você se esforçou para tê-lo como queriam, no parto natural e acabou dando tudo certo. Sua dedicação e perseverança neste intento foi muito forte, resistente, mas já tinha passado pela dor da perda e sabia que este era realmente o prometido.
    Gostei muito de seu relato, deu até para visualizar toda a cena.
    Parabéns para você que é uma mulher determinada e forte!
    mil beijinhos cariocas

  17. 17 Neli 16 de agosto de 2009 às 14:03

    hahahhaha parabens
    adorei ler o relato do seu parto
    bjus

  18. 18 simone 17 de agosto de 2009 às 10:04

    Parabéns pela fibra e perseverança.
    Eu quando ganhei meu primeiro filho de parto normal disse a mim mesma que seria filho único. Mas o amor que nasce é tão grande que tive o segundo filho, porémmmmm de cesariana, que digo de passagem, adorei.
    Mas cada caso é um caso.
    Bjs.

  19. 19 Kelly Cristina 17 de agosto de 2009 às 10:40

    Nossa só agora com o Yago no colo consegui ver o nascimento do seu bebejinho que legal e emocionante eu já estava aqui vibrando com o nascimento parecia real , acho que sua anestesia pegou minha cabeça também…..mas não entendi voce está ai no Egito ou aqui no Brasil, pelo que eu entendi voce ganhou bebe aqui no Brasil né……
    Ou a anestesia me pegou também kkkkkkkkkkkkk que anestesia é essa que eu não tive isso no meu parto e senti tudokkkkkkkkk
    um abraço e de novo quantas vezes for preciso, parabens por ser mãe..

  20. 20 Roseane 17 de agosto de 2009 às 11:57

    Olá, adorei o seu relato.

    Estou em uma situação parecida. Desejo um parto natural…

    Please… Me passa o tel. da Dra. Renata.
    Vc precisou fazer episio? O que ela acha desta conduta?
    Ela aceita/já fez parto de cocoras? Na agua e afins?

    bjocas mil. Parabéns pelo relato.

  21. 21 Juliana Saleh 17 de agosto de 2009 às 13:22

    Oi Barbinha, mandei um e-mail pra vc uma vez contando minha história, uma brasileira com um árabe também..rs.. e graças a Deus estamos muito bem e felizes, nos casamos em maio e claro, ainda estamos curtindo nossa lua-de-mel…rsrs. Continuo lendo seus blog, mesmo não tendo um ainda…rs.. e adorei o relato do parto do Bebejinho… e fiquei como a maior parte das pessoas, divida entre risos e a vontade de chorar!! Parabéns!! Que Allah os proteja sempre!! Que o Bebejinho seja um grande homem, que a cada dia ele possa trazer para a vida de vcs muitas alegrias, como essa.. de vê-lo nascer!!!
    Um grande beijo… Juliana.


Comments are currently closed.



agosto 2009
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Mudamos!

Pessoal, o site mudou para casa própria, mas tá tudo lá! É só substituir aí nos seus favoritos o www.barbrinha.wordpress.com por www.barbarasaleh.com!

Os comentários aqui estão fechados, mas o bate-papo continua lá na casa nova. Não deixe de me visitar e participar!

Te vejo lá! Beijos e fiquem com Deus.


%d blogueiros gostam disto: